2

Bullying...


Vi em alguns blogs postagens falando sobre o Bullying, também li em varias revistas matérias que falaram sobre a extensão do problema nos nossos pais, depois de ler no blog Diva Alternativa (aqui), uma postagem sobre o assunto, confesso que fiquei comovida. A falta de conhecimento e preparação, das escolas, dos Paes e dos órgãos públicos é de fato alarmante, e as vitimas dessas agressões, pagam um preço alto demais ao longo de suas vidas.  Eu, como a maioria, já fui agredida em minha época de escola, por ter um estilo pouco convencional, mais sinceramente isso não me afetou de maneira negativa, pelo contrário reagiam as tentativas de pessoas que tentava me agredir. Pra disser a verdade, me lembro que as tentativas de me irritar ou intimidar, na época de escola eram sempre frustrados, cada vez que alguém dizia algo com o intuído de me ofender, eu acabava respondendo e o feitiço se virava contra o feiticeiro. Mais posso disser que há alguns anos atrás tive uma amiga, que sofreu muito em sua adolescência por ser considerada feia, e ficava muito frustrada por não fazer parte de nenhum grupo social, e ao longo de sua vida passou por uma serie de relacionamentos violentos e conturbados, por conta de suas falta de estrutura emocional.  O que posso disser hoje é que essa pessoa tem sérias dificuldades em se relacionar com outras pessoas, e que isso gerou um conflito entre-nos, depois de cortar os laços com a “amiga” em questão, ela passou então a tentar me agredir através de paginas na internet, de todo tipo. Meus amigos de inicio ficavam muito irritados, afinal ninguém gosta de ver um amigo ser difamado, mais aos poucos, as pessoas se deram conta de que ela tem sérios problemas psicológicos. O ponto em que quero chegar e de que o Bullying deixa marcas, posso disser que se não reagisse de maneira diferente, se deixasse que as agressões me afetassem talvez fosse tão frustrada e atormentada quanto às pessoas que tentou me atingir. Agora olhando pra trás, sei que fiz minha parte como amiga, sei que dei todo o tipo de apoio possível para ela, mais que infelizmente seus problemas emocionais vão muito além do que eu posso ajudar. Vi de perto como se tornou um adulto vitima de Bullying, que não conseguiu superar os traumas, que tenta de toda maneira atingir outras pessoas, o fato é que como minha amiga bloqueira disse em sua página “... isso é assunto velho, nós é que estamos atrasados.”



Numa próxima postagem talvez me aprofunde no assunto, por enquanto fico feliz em saber, que o tema venho a tona e que suas vitimas agora sim poderão encontra ajuda 
Bjs Naty Fênix

2 comentários:

  1. Y detrás de todo
    más allá de todo
    en medio de todo
    y antes de todo
    siempre estuvo Dios...
    Reconocerlo es la paz...

    Paz&AMor

    Isaac

    ResponderExcluir
  2. Realmente o assunto não é novo, mas de uma hora pra outra resolveram trazer a tona o caso do bullying.
    Acho que a maioria das pessoas já sofreu bullying, e como no caso da sua amiga, acho que uma das consequências da pessoa sofrer bullying, é acabar querendo fazer o mesmo com as outras pessoas.
    Espero que a sociedade, os pais e as escolas principalmente se conscientizem e façam algo pra tentar diminuir o bullying.
    Beijos

    ResponderExcluir

Visitou a página deixe seu comentário e aproveite pra seguir as novidades.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...