0

A história do Picnic Vitoriano no Brasil

Adeptos da Sub Cultura Gótica, já tinham tomado pra sim varias características das vestimentas medíveis e gosto pela literatura de época, não é difícil entender por que a iniciativa no Brasil veio das lojas de moda alternativa. Pensem bem, vender releituras de peças de época
, exige no mínimo tato, nada mais justo, que seus editorias, fossem feitos em lugares que no mínimo tenham uma arquitetura histórica, ou por que não parques. Um longo dia de trabalho obriga a todos a uma paradinha para um lanche, onde o tradicionalmente Picnic no parque, de tênis e boné, ganhou uma versão moderna em trajes não muito convencionais, e logo depois de época. Bem a partir daí a coisa toma outras formas, os fãs de décadas passadas que clamava por nostalgia elevaram o encontro a um evento solido, com algumas regras básicas e instruções para os participantes.

Andre, 23 anos, Mina Gerais.

"O aspecto cultural é realmente bárbaro, pois cada pessoa traz sua própria releitura de épocas diferentes, ideias, conhecimentos e sugestões para os diferentes campos artísticos, isto é algo que não tem preço, seria como estar em um museu de fotos de época e elas tomarem vidas e tudo se tornar um filme com os participantes do Picnic vitoriano!"

Paula Pfeiffer, 19 anos, Tocantins.“Fiz toda a sombrinha em casa, com a ajuda da costura de minha mãe” (...) “Sempre gostei do estilo vitoriano, e essa foi uma boa oportunidade pra entrar no clima!”.

Hoje o Picnic Vitoriano no Brasil, ao contrário de que muitos pensam, não é uma releitura do que se vê lá fora, mais sim um evento com personalidade própria, com grupos espalhados por diversas partes do Brasil, não se trata apenas de uma reunião com os amigos, se trata de uma releitura romanceada do passado, “... eu conservo as coisas boas do passado e fico feliz por poder compartilhar com os participantes do Picnic Vitoriano!”, diversão saudável e mais ainda um caldeirão cultural. Cada participante e idealizador do evento buscam levar por si só características de época, trajes e uma serie de utensílios, que exigem preparação antecipada para o evento. ‘Roupas é sempre o problema em cidades pequenas, ainda mais quando os artistas locais são tratados como desempregados pedindo esmolas de porta em porta... Preparar a vestimenta é algo que me faz depender de uma boa costureira que temos na cidade e que se responsabiliza pelos poucos eventos culturais... ”Diz Andre que já saio de Minas Gerais para prestigiar o evento em São Paulo, este ano o evento também ganhou sua primeira edição em Tocantins , “A primeira edição do Picnic Vitoriano em Palmas - Tocantins foi no dia 09/06/12. O evento foi pequeno, contando com poucas pessoas. Preparei biscoitos caseiros, toalha, cesta, sombrinha e, obvio a roupa. “Peguei peças que já tinha, adaptei algumas coisas, como uma manga em renda na blusa.” Paula Pfeiffer. Assim como nos demais estados do pais, aqui fica bem claro "DO IT YOURSELF" (faça você mesmo), um regra geral do evento é pessoas a caráter, logo o visitante é peça fundamental para a existência do evento.o Picnic Vitoriano tem como proposta, relembrar tempos antigos, tentar reviver da melhor maneira possível a sofisticação e etiqueta de uma época que nenhum dos presentes viveu, por alguma razão uma sociedade onde boa parte da elegância de eras passada, foi quase totalmente perdida, se reúne e relembra esses tempos.


Um encontro entre amigos, com o pequeno diferencial, trajes e louças de época, são apenas alguns dos diferenciais que os visitantes e participantes encontram, o cardápio extremamente cultura conta quase sempre com musica, sarau de poesias e apresentações, que varia de danças a esgrima. Isso varia de lugar pra lugar, cada região do país conta com sua particularidade, a dedicação de cada participante e muito importante em diversões aspectos. Tendo em vista que vivemos em um pais tropical, e que encontros com metros e metros de trajes fechados, ao ar livre são no mínimo diferentes, disser que a ideia do evento surgiu entre internautas não sou incomum. Depois dos primeiros registros dessas reuniões se espalharem pela internet, o evento passou a mais, e mais popular, hoje diversas cidades contam pelo menos um evento de época periódico. Então se vc também gostaria de fazer uma viagem no tempo e ainda não tem uma máquina pra isso, fica o convite, não posso deixar de observar a importante participação dos zines, blogs e redes sociais no crescimento desse evento no Brasil. O que era um encontro entre amigos virou evento de grande importância cultural, uma releitura do passado em tempos modernos.

Bjs Naty Fênix

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visitou a página deixe seu comentário e aproveite pra seguir as novidades.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...