0

55 PERGUNTAS FREQÜENTES SOBRE A SUBCULTURA GÓTICA

Mesmo sabendo que meu publico é um pouco mais velho, e já está mais que por dentro do B,A BÁ do Gótico, Gothic e afins, sei que ainda e fonte de pesquisa pra quem ainda está nos seus primeiros anos de morcego. Logo pra não deixar ninguém na mão esse é o primeiro de vários post pra quem quer saber mais, segue fonte e texto fielmente reproduzidos aqui, e vale lembrar que esse A Happy House in a Black Planet 

"Este FAQ busca apenas passar as informações mais básicas de forma bem-humorada e informal. Várias destas questões são aprofundadas em outros capítulos.
Uma dica importante: não procure tentar entender ou aprender tudo sobre o que quer que seja de uma vez só ou em pouco tempo: ninguém jamais aprendeu ou aprende assim, pois qualquer aprendizado é um processo afetivo, que exige pausas e retomadas."
01.O que significa a palavra "Gótico"?


A palavra "Gótico" já teve inúmeros significados nos últimos 2000 anos, alguns destes significados relacionados entre si, outros não. Neste FAQ estamos abordando apenas a subcultura urbana que surgiu na Inglaterra no começo dos anos 1980 e se desenvolveu e se espalhou pelo mundo todo até hoje.
02.Por que essa subcultura recebeu o nome "Gótico"?
Na passagem dos anos 70 para os anos 80 este rótulo foi usado inicialmente como adjetivo, ironia ou brincadeira para definir um estilo (música, visual, comportamento) que surgiu na Inglaterra. Após 1983 o nome pegou completamente, e denomina até hoje a subcultura mundial que aí se originou.

03. Mas o nome Gótico não foi dado por causa daqueles bárbaros (Góticos, Visigóticos, Ostrogóticos, etc) que invadiram o Império Romano até os séculos IV e V?
Não. Ao longo dos séculos as palavras Goth e Gothic, em Inglês, desenvolveram vários outros significados.
04. Já sei: Então o nome Gótico foi dado a esse movimento por causa das catedrais Góticas do século XI a XIV?
Não diretamente. Nem essas catedrais eram chamadas de Góticas quando foram construídas. Elas foram chamadas de "Góticas" muito tempo depois, pelos Renascentistas e Iluministas, pejorativamente, para criticar a ideologia católica da Idade Média, a qual se opunham.
05. Então as Catedrais Góticas não foram construídas pelos Godos (Góticos)?
Não. Elas foram contruídas muitos séculos depois que os Godos já tinham se diluído na cultura Européia. Essas catedrais expressam a ideologia e a estética da Igreja Católica e da nascente burguesia urbana da época de sua construção.

06. Qual o significado de "Gothic" em Inglês?
O adjetivo "Gothic" em Inglês carrega sentidos que lembram: vitoriano, sombrio, misterioso, fantasmal, onírico, macabro, amedrontador, etc.
07. Então tudo que é vitoriano, sombrio, misterioso, fantasmal, onírico, etc é Gótico?
Sim, mas não no sentido exato que foi usado para designar o movimento estético e a subcultura que surgiu em 1980. Lembre-se que o uso foi metafórico e também irônico.
08. Como a palavra Goth adquiriu este sentido em Inglês?
Entre o século XVIII e o XIX existiu um movimento literário chamado Romantismo, ligado ao chamado Romance Gótico. Eles ajudaram a estabelecer a imagem de Gótico como sombrio, fantasmagórico, misterioso.
09. Isso aconteceu por que as Catedrais Góticas são sombrias?
As catedrais góticas não são sombrias. Arquitetonicamente, elas são caracterizadas por grandes janelas cobertas de vitrais coloridos. As paredes se resumem quase que a molduras das janelas. A estrutura geral é leve.
10. Por que diabos elas foram então chamadas de "Góticas"?
Intriga da oposição...Pela "oposição" dos movimentos filosóficos e artísticos que vieram depois, para criticá-las.
11. Então por que os Românticos usaram "Gótico" como algo bom?
Por que já tinha se passado mais de um século, e os Românticos resolveram criticar aqueles que tinham criticado o fim da Idade Média. Assim, o que era um nome pejorativo passou a ser o nome "legal" de uma estética.
12. Caraca! Isso tudo influenciou o movimento que surgiu nos anos 1980?
Não diretamente. Ainda estamos falando do sentido da palavra! Muitas outras coisas influenciaram também. Existem as influências diretas, as influências do contexto, as referências indiretas, a reapropriação de conceitos...
13. Quais são as influências diretas?
Musicalmente, vamos considerar influências diretas aquelas desde meados dos anos 60 em diante. Levando em conta os estilos musicais e entrevistas podemos citar os seguintes movimentos: o Krautrock, o Glam, o Proto-Punk, e o Beat. Entre os artistas que influenciaram diretamente, de 1965 a 1975 temos: David Bowie, Nico, Velvet Underground, The Doors, Lou Reed, Iggy Pop & The Stooges, John Cale, Roxy Music, Brian Eno, Cabaret Voltaire, Patty Smith, T-Rex, New York Dolls, Kraftwerk, Throbbing Gristle, Pere Ubu, Suicide, Leonard Cohen etc.
Mais informações no ítem Influências do ABC de Bandas.
14. Mas o Gótico é apenas um estilo musical?
Não. O Gótico é uma subcultura completa. Sem dúvida a música é um eixo importante. Mas, como em qualquer cultura, outros elementos são constituintes também. Saiba mais no artigo A MÚSICA NA SUBCULTURA GÓTICA: DIVERSIFICADA, ECLÉTICA E MUTANTE
15. O que é uma Subcultura?
… uma cultura paralela à Cultura Oficial, que não combate a cultura oficial, mas também não a aceita. Uma subcultura busca construir um universo a parte, que faça sentido para seus membros, integrando música, pintura, literatura, roupas, eventos, festas, lojas, trabalho, relações humanas, comportamento, etc. Para saber mais leia a parte I deste livro - O que é Subcultura?
16. E como é a Literatura da subcultura Gótica?
Não existe Literatura "da" subcultura Gótica, existem vários estilos literários mais apreciados nesta subcultura, entre eles, o Romance Gótico (Horace Walpole, William Beckford, Mary Shelley, etc), Romantismo (W.Blake, Keats, Byron, E.A.Poe, etc), a poesia Simbolista/Decadentista (Baudelaire, T.S.Elliot, Rimbaud, Oscar Wilde, etc), o romance Existencialista (Camus, Sartre, etc), Literatura Beat (Ginsberg, Burroughs), etc.
17. Mas meu professor de Literatura disse que existe Literatura Gótica, ele não sabe disso?
Ele está certo, apenas está se referindo a uma tendência ou movimento específicos dentro da Literatura européia, por exemplo, o Romance Gótico (primeira fase aproximadamente de 1764 a 1821, iniciando-se com "O Castelo de Otranto" de Horace Walpole) e não especificamente à subcultura Gótica de que falamos aqui.
18. A Literatura Gótica influenciou o movimento dos anos 1980?
Não diretamente, mas sem dúvida o movimento dos anos 1980 fez releituras ou sátiras da Literatura Gótica. Essa Literatura também serviu de tema para movimentos artísticos anteriores, que influenciaram o movimento estético dos anos 1980, como, por exemplo, o Expressionismo.
19. E como posso saber que estes movimentos artísticos influenciaram diretamente a subcultura Gótica?
Por que eles são citados diretamente pelas bandas ou tem suas estéticas usadas por elas. Encontramos citações tanto diretas quanto de estilo nas capas de álbuns, nas músicas e nas letras.
Alguns exemplos:
- o nome e o logotipo da banda Bauhaus são os mesmos da escola artística (pintura e arquitetura) Bauhaus. Ilustrações e fotos dos primeiros álbuns da banda traziam imagens de filmes expressionistas ou de terror antigos.
- A música "Killing an Arab" do The Cure é baseada no romance "O Estrangeiro" (do existencialista francês Albert Camus). O Bauhaus tem uma música com o nome do teatrólogo surrealista francês Antonin Artaud ("teatro da crueldade") e outra com o nome do ator do cinema expressionista Bela Lugosi.
- A banda Siouxsie & The Banshees tem uma música chamada Premature Burial baseada no conto de mesmo nome de Edgar Allan Poe.
- musicalmente, temos muita influência da música desenvolvida pelo modernismo, com conceitos como o minimalismo, música étnica, musica eletrônica, não-música, etc, etc. Se você procurar, encontrará muitos outros exemplos.
20- Quem foi Bela Lugosi?
Bela Lugosi (1882-1956) foi um famoso ator de origem húngara que participou de inúmeros filmes, mas foi imortalizado (hmmm....) como o Drácula canastrão produzido por Tod Browning ("Dracula", 1932). A música "Bela Lugosi is Dead" (1979) da banda gótica Inglesa Bauhaus se refere a ele, e é considerada por muitos como o "hino gótico".
21. O Expressionismo e o Cinema Expressionista tem a ver com o Gótico?
Tanto a estética dos filmes como da pintura Expressionista tem sido bastante usada pelos Góticos desde os anos 1980. Ex: filmes como "O Gabinete do Dr. Caligari", "Metrópolis" "Nosferatu" e "Drácula" entre muitos outros. O cinema de terror "B" também é uma fonte inesgotável de inspiração para o humor Gótico.
22. Os Goticos só vestem preto? Eu tenho que vestir preto para ser Gótico?
Você não precisa vestir só preto e nem os Góticos vestem apenas preto. Mas buscam um grande contraste e superposição de estilos diversos. O importante é o efeito dramático. Geralmente isto é conseguido usando alguma peça de tom escuro.
Mais informações na Seção Visuais Góticos em nosso site.
23. O Gótico verdadeiro é apenas o dos anos 80?
Não. A subcultura e o gênero musical surgiram e se caracterizaram nos anos 80, mas continuaram a crescer e a se desenvolver mundialmente nos anos 90 e continuam até hoje. Saiba mais no artigo SUBCULTURA GÓTICA: SEMPRE NOVA
24. Então por que dizem que o Gótico dos anos 80 acabou nos anos 90?
Porque em 1º de janeiro de 1991, os anos 80 acabaram e começaram os anos 90!!!! Assim, os álbuns lançados a partir desta data não poderiam jamais ser considerados como anos 80 por uma questão cronológica...rs. Logo, nos anos 90, temos o Gótico dos anos 90 e hoje o Gótico dos anos 00...J.
Muitas bandas góticas dos anos 80 continuaram em atividade nos anos 90 e algumas continuam até hoje. Também muitas outras bandas surgiram nos anos 90, tanto com novas propostas, quanto inspiradas nas bandas dos anos 80. E depois do ano 2000 isso continua acontecendo até os dias de hoje. Logo, o Gótico não só nunca acabou como não houve nenhum período no qual ele tenha deixado de existir. Apenas a informação das cenas Góticas dos Estados Unidos e da Europa deixou de chegar atualizada até o público brasileiro, como chegava até o começo dos anos 90.
25. Quais são as principais bandas dos anos 80?
Bauhaus, Siouxsie and The Banshees, Cocteau Twins, Dead Can dance, The Cure, Joy Division, The Damned, X-Mal Deutschland, Echo and The Bunnymen, The Smiths, Sisters of Mercy, The Mission, Einsturzende Neubauten, Alien Sex Fiend, Nick Cave, Opera Multi Steel, Poesie Noire, Clan of Xymox, The Fields Of The Nephillin, The Jesus and Mary Chain, Depeche Mode, Mecano, Front 242, Trisomie 21, Malaria, Christian Death, Sex Gang Children, Mephisto Walz, UK Decay, Killing Joke, Black Tape For a Blue Girl, Kirlian Camera, etc.
Mais informações no ítem 1980 do ABC de Bandas
26. Quais são as principais bandas dos anos 90?
Switchblade Simphony, London After Midnight, Wolfsheim, Nosferatu, Inkubus Sukkubus, Faith and The Muse, Sopor Aeternus, The Cruxshadows, Love Spirals Downwards, Ikon, Bella Morte, Cranes, Miranda Sex Garden, La Floa Maldita, Rosetta Stone, Lycia, Sunshine Blind, Project Pitchfork, The Merry Thoughts, Das Ich, Shadow Project, Diary of Dreams, Collection D'Arnell Andrea, L'Ame Imortelle, In Strict Confidence, The House of Usher, Paralysed Age, Manuskript, Libitina, Two Witches, Spahn Rach, De/Vision, Beborn Beton, Wumpscut, Apoptygma Berzerk, VNV Nation, QNTAL, etc.
Mais informações no ítem 1990 do ABC de Bandas

27. Quais as principais bandas recentes (século 21)?
Diva Destruction, BlutEngel, The Vanishing, The Ghost of Lemora, Collide, Ego Likeness, Audra, Hatesex, Frank The Baptist, Elusive, Dresden Dolls, Cinema Strange, The Last Days of Jesus, Rasputina, The Screaming Banshees Aircrew, Scary Bitches, Zombina & The Skeletones, Darvoset, Black Ice, The Birthday Massacre, Diorama, Helium Vola, Katzenjammer Kabaret, Cauda Pavonis, Elusive, Welle Erdball, Tragic Black, Devilish Presley, Human Disease, Scarlet Remains, Carfax Abbey, Anders Manga, Shadow Reichenstein, Eisbrecher, Android Lust, Voltaire, etc.
Mais informações no ítem 2000 do ABC de Bandas
28. Existem bandas brasileiras em atividade hoje?
Sim. Exemplos: Elegia, Plastique Noir, Tears of Blood, Scarlet Leaves, Zigurate, Strangeways, Banda Invisível, Dead Roses Garden, Vesúvia, Necrópolis, Downward Path, Pecadores, Bells of Soul, Escarlatina Obsessiva e muitas outras.
Mais informações no ítem Brasil do ABC de Bandas
29. Mas então o Gothic Metal não foi a evolução do gótico nos anos 1990?
Nããaãããããaãão!!!! Não mesmo. Com certeza não foi. De jeito nenhum, nein, niet, non.
A falta de informação ocorrida na cena Gótica brasileira nos anos 90 gerou um espaço propício para a proliferação da idéia de que o Gótico havia acabado e que o "Gothic Metal" seria a "evolução" do Gótico. Idéia essa muito interessante para as gravadoras e produtoras interessadas em comercializar esse "rótulo". A partir daí, qualquer banda de "Metal" que tivesse vocal feminino lírico ou teclado ou letras "trevosas-du-maaal" passou a ser comercializada sob o rótulo "Gothic Metal", sendo que muitas vezes isso era até imposto às bandas pelas gravadoras como condição para a gravação.

30. Góticos são deprimidos?
Não. Depressão é uma doença, um distúrbio bio-químico do organismo que pode ser gerado ou não por distúrbios emocionais e, como qualquer doença, deve receber tratamento médico e psicológico. Góticos apenas não fogem dos aspectos e momentos doloridos ou mais tristes da vida, pois consideram que estes são partes integrantes da vida, assim como o ano tem tanto inverno como verão. Você pode dizer que os Góticos são mais "melancólicos" e "saudosistas", esses termos são mais apropriados (não que saibamos exatamente do que temos saudade, mas devemos ter perdido algo muito legal...)
31. Melancolia é tristeza?
Não. Tristeza é algo muito chato, apesar de fazer parte da vida. Já melancolia é algo mais interessante! Posso ser melancolicamente triste, ou melancolicamente alegre, ter prazeres melancolicamente, rir melancolicamente ou chorar melancolicamente. A base da melancolia é a presença constante da consciência de que a vida e cada experiência vivida está fadada ao fim (mas não é por isso que vamos deixar de aproveitar todos os bons momentos, não é mesmo?)
32. Góticos cometem o suicídio?
Claro que não, senão não existiriam mais Góticos...rs... nem eu estaria escrevendo isso aqui…
33. Góticos tem religião?
Só aos domingos!!!
Brincadeira. Os Góticos podem ter a religião que eles bem entenderem, ou nenhuma, mas essa é uma escolha pessoal, não tendo nada a ver com a subcultura Gótica. Evidentemente, pessoas ligadas a religiões muito conservadoras e que seguem suas regras ao pé da letra podem ter problemas com alguns elementos da poesia, da música, do comportamento, do visual, e do discurso da subcultura gótica que sejam contra algumas regras tradicionais ou conservadoras. Saiba mais no artigo LIBERDADE RELIGIOSA NA SUBCULTURA GÓTICA
34. Góticos são etnicamente brancos?
Não! Góticos podem ter qualquer etnia e qualquer cor de pele! Alguns Góticos só costumam usar maquiagem de teatro, cinema antigo, cabaret ou circo, para expressar dramaticidade e/ou androginia.
35. Mas por que querem expressar isso?
Como a subcultura Gótica/Darkwave existe em um contexto de "fuga e crítica" à sociedade Industrial-Positivista, essa subcultura adotou vários elementos estéticos considerados "antigos" de grupos considerados "underground" ou "decadentes" ou "pervertidos" ou "artísticos" no passado. Ex: a estética de teatro, cinema expressionista ou noir, circo, vaudeville, etc.
36. O Gótico surgiu do Punk?
Não apenas do Punk. O Punk teve o efeito de dar notoriedade a muitos artistas, mas muitas influências diretas do Gótico e da Darkwave são anteriores ao Punk 1976- 77. Se o Gótico tivesse simplesmente surgido do Punk, a maioria de suas características principais teriam surgido do nada. O Glam-Rock, o New-Romantic e o KrautRock, por exemplo, também tiveram grande influência na formação do Gótico, sem falar das influências não musicais. Veja uma lista de parte das influências musicais.

37. Que outros estilos musicais e subculturas influenciaram e influenciam de alguma forma a música da subcultura Gótica?
Algumas dúvidas sobre isso podem ser esclarecidas no capítulo 13- Glossário de Estilos Musicais relacionados à Subcultura Gótica. 
38. O que é Pós-Punk?
Não vamos entrar em detalhes da historia do Pos-Punk aqui. Do ponto de vista do Gótico, basta saber que de 1979 a 1983, entre as muitas bandas que eram consideradas Pos-Punk apenas algumas eram ao mesmo tempo consideradas Góticas. Assim, nem tudo o que é Pos-Punk é Gótico!!!
39. Ah! Entendi! Então nem tudo o que é Pos-Punk é Gótico! Mas tudo o que é Gótico é Pós-Punk?
Nâãããããão!!! Talvez apenas bem no começo, quando, afinal, praticamente TUDO era Pos-Punk e a subculttura Gótica ainda não havia se definido totalmente. Hoje a subcultura Gótica se expressa através de vários outros estilos.
40. Qual a diferença entre Gótico e DeathRock?
Sabe aqueles casais que vivem resmungando e brigando o dia inteiro por décadas a fio, mas que não tem coragem para se separar, nem para admitir que se amam? … um caso desses. A diferença é de grau, alguns elementos são mais explorados no Deathrock e outros mais no Gótico. Musicalmente o DeathRock costuma trabalhar com tendências mais próximas ao punk, apesar de algumas bandas trabalharem com rock e eletrônico, mas sempre de forma mais minimalista. Tematicamente, o Death-Rock tende mais para o humor, horror e ironia. Não que o Gótico não trabalhe também com estes traços, mas de forma menos acentuada. A temática Gótica costuma ser um pouco mais "trágica", mas ao mesmo tempo irônica. O DeathRock pode tanto participar de uma cena Gótica quanto se organizar em uma cena paralela.
41. Góticos têm que gostar de frequentar cemitérios?
Não, não existe nenhuma lei que diga que você tem que ir ao cemitério ou gostar de cemitérios para ser Gótico. Mas na subcultura e na música Gótica/Darkwave estão muito presentes as temáticas da fugacidade da vida, da morte como algo que está presente o tempo inteiro dando significado à existência, do carpe diem, etc, então a atração pelos cemitérios acontece muitas vezes, seja para refletir sobre o sentido da vida ou para zombar da morte. Enquanto podemos…
Além disso, muitos Góticos (e não-Góticos também) apreciam a Arte Tumular (esculturas, pinturas e arquiteturas características dos cemitérios). Maiores informações sobre Arte Tumular em cemitérios de São Paulo:
http://portal.prefeitura.sp.gov.br/empresas_autarquias/servico_funerario/arte_tumular/0001
42. O que é Carpe Diem?
Ditado e estilo de vida: em Latin: "aproveita o dia" (de hoje) pois a morte pode chegar já amanhã. A versão mais usada pelos Góticos é "Carpe Noctem" (aproveita a noite) no mesmo sentido que a outra expressão.
43. Porque os góticos usam crucifixo?
O uso de um crucifixo por alguém vestido e maquiado como um gótico já é algo de deixar as velhinhas da missa das 6 da manhã com os cabelos mais em pé que os nossos (e sem laquê, nem sabonete seco...rs). O uso de crucifixos surgiu em parte pela temática de sofrimento (paixão) e sacrifício do cristianismo e em parte pela intenção herética de colocar símbolos religiosos em contextos mundanos ou esdrúxulos.
44. Porque os góticos usam Ankh?
Este símbolo se tornou popular entre os Góticos sendo relacionado ao Vampirismo depois do filme "The Hunger" (Fome de Viver, 1983). Neste filme, David Bowie e Catherine Deneuve representam um casal de vampiros. No início há uma cena em que a dupla está à espreita de suas presas numa casa noturna ao som de "Bela Lugosis's Dead", tocada pelo próprio Bauhaus, com seu vocalista Peter Murphy cantando atrás de grades. O detalhe é que este casal de vampiros não tem caninos proeminentes: usam colares cujos pingentes são Ankhs egípcios com pontas afiadas que servem para cortar as veias de suas vítimas. A vampira ancestral está viva desde o antigo Egito, o que justifica no roteiro a apropriação deste antigo símbolo religioso egípcio (o Ankh) em um novo contexto. O filme discute questões existenciais sobre a vida e a morte.
Posteriormente, em 1989, Neil Gaiman usou o visual da subcultura Gótica para seus personagens da premiada série de quadrinhos "SandMan". A personagem Morte (Death), por exemplo, é uma simpática e irônica garota Gótica que usa um grande Ankh. Esta série de quadrinhos popularizou ainda mais o uso do Ankh.
45. Os góticos são satanistas?
A subcultura Gótica/Darkwave não tem ligação com nenhuma religião ou anti-religião organizada. Aliás, no Gótico, quase tudo é desorganizado, he-he... Aliás, é exatamente por isso que estamos fazendo esse FAQ.
46. Os góticos cultuam a morte?
Só aquela da HQ Sandman, que é a maior gatinha! Rss… Mas falando sério, essa HQ é bem legal e tem a ver com a questão da Morte na subcultura Gótica e Darkwave. Afinal, "a morte é o alto preço da vida".
47. Os góticos e góticas são homossexuais ou bissexuais?
Só os que são. Mas não podemos esquecer que quando a subcultura Gótica surgiu, ainda nos anos 1980, a sociedade era muito mais conservadora e machista do que hoje. Imagine um bando de rapazes usando maquiagem e esmalte e pregando que homens podem ter sentimentos históricamente definidos como femininos? Fomos imediatamente rotulados de "viados".
O fato da estética Gótica/Darkwave/Death-Rocker ter adotado a Androginia ou a maquiagem teatral fez com que ela acabasse sendo inicialmente um refúgio para indivíduos de todas as 2.328 opções sexuais existentes, até mesmo para as mais depravadas de todas, como a castidade.
Então, se você vai frequentar a subcultura e a cena Gótica, precisa saber que vai encontrar pessoas de todas as orientações sexuais e que tolerância faz parte de nossa história e tradição. Mas evidentemente, seria um absurdo alguém ser obrigado a ter uma orientação sexual ou outra para fazer parte dessa cena.

48. Vejo muito visual S&M na cena Gótica. Os Góticos são sadomasoquistas?
Novamente, somente os que são. Os Góticos são fetichistas, gostam de insinuar, de brincar de faz-de-conta, porém apenas alguns Góticos são realmente S&M, sendo isso uma opção sexual pessoal. Quanto ao estilo S&M de visual, o mesmo está presente na cena Gótica desde o início, nos anos 80.

49. O que significa androginia?
Androginia significa ter uma determinada aparência tal que seu sexo não possa ser definido a primeira vista. Assim, você pode encontrar uma mulher que você não consegue identificar se é homem ou mulher, ou um homem que você não consegue identificar o sexo. Androginia é uma opcão estética, e não uma opção sexual. E é muito difícil conseguir parecer totalmente andrógino (poucos nascem naturalmente assim). A maioria se contenta em adotar elementos estéticos do sexo oposto por diversão e/ou fetichismo.
50. Para ser um gótico verdadeiro eu preciso usar o visual gótico o tempo todo???
Não. Não mesmo. Sim, tenho certeza. Pois é...
Além disso, precisamos entender que qualquer cultura e subcultura tem sua indumentária cotidiana e outra indumentária "de festa". Como em qualquer evento social, nas festas as pessoas usam a "indumentária cultural" mais completa e especial. Em outras palavras, você não precisa usar sobretudo de lã e maquiagem teatral sob um sol de 40 graus e nem pedir demissão do seu trabalho porque lá as pessoas não entendem muito bem o seu visual...rs. Todavia a indumentária é um elemento cultural importante em qualquer subcultura ou cultura.
51. Para ser Gótico eu preciso ser fã de "Vampiros"? Se eu sou fã de "Vampiros" eu sou Gótico?
Nem uma coisa nem outra. Existe a subcultura Gótica/Darkwave que aborda, às vezes, temas vampíricos entre muitos outros. Existem, paralelamente, fãs de "Vampiros". Assim:
A) você pode ser Gótico e fã de "Vampiros" (vários Góticos usam visual "vampírico")
B) você pode ser Gótico e não ser fã de "Vampiros"
C) você pode ser fã de "Vampiros" e não ser Gótico.

52. O que é ser "Mixirica"?
Mixirica é uma gíria já antiga na cena Gótica brasileira, que pode ser usada tanto de forma carinhosa como pejorativa. "Mixirica" significa "exagerar" ou ser "afetado" no comportamento, linguajar ou visual Gótico. Pode querer dizer que algo é "estereotipadamente gótico", tanto para o bem como para o mal. Afinal todo mundo tem seu momento mais "mixiricoso" e isso sempre é muito divertido.
53. O que é Wannabe?
Wannabe singnifica "querer ser" em Inglês. Significa alguém novo em uma cena, que ainda está aprendendo sobre ela mas ainda não sabe muito. Dependendo da pessoa que usa o termo, pode ser usado no sentido positivo ou como crítica (o que, inflizmente, é mais comum).
54. Quais os símbolos mais recorrentes na subcultura Gótica?
Observando a produção artística relacionada a subcultura Gótica desde seu começo até hoje, alguns símbolos e imagens são recorrentes. Veja a lista de símbolos importantes no Capítulo 10- Símbolos Recorrentes na Subcultura Gótica.
55. Agora que eu já li tudo isso eu sei tudo sobre o que é Gótico?
Não, seus problemas acabaram de começar..he-he. Aprender é aumentar a complexidade de nossas dúvidas e torná-las mais interessantes e menos banais.
De qualquer forma, seja bem vindo ao clube das incertezas!!!
Se depois de beber uma boa taça de vinho com gelo sob o refrescante luar você já tiver relaxado e desejar pesquisar mais sobre algumas das questões aqui citadas, talvez você encontre algo do seu interesse no restante do livro



Revisado em 2008 da versão disponível online desde 2005/2006 por Flávia Flanshaid e H. A. Kipper

Bjs Naty Fênix Mundo Obscuro Zine 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visitou a página deixe seu comentário e aproveite pra seguir as novidades.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...