0

Pole Dance Lovers

Finalmente resolvi abrir um espaço aqui para falar de umas das minhas mais recentes paixões, o Pole Dance, a muitos anos conheci o Pole através do teatro, aprendia um ou dois movimentos básicos de giro, para compor uma personagem, ano passado, agora morando em São Paulo, procurei escolas e academias que descem aula de Pole Dance...
Fui a algumas escolas, e acabei escolhendo a Escola Burlesca de São Paulo, para quem não sabe o Pole Dance, e uma forma de ginastica e dança, surgiu na Inglaterra nos anos 80, o diferencial é que as apresentações e coreografias são executadas em uma barra vertical, a dança é quase sempre realizada de maneira sensual, porém exigem enorme força física e elasticidade
O Pole Dance vem sendo cada vez mais usado, nos circos como espetáculo acrobático, que não apelam e que não mostram erotismo, hoje também é cada vez mais comum academias e centros esportivos oferece o que chamamos de Pole Dance Fitness. Existem campeonatos esportivos voltados para a prática, embora ele ainda não tenha se tornado um esporte olímpico, a prática do Pole Dance para se manter o condicionamento físico vem se tornando cada vez mais comum. Para mim assim como outras praticantes o Pole Dance, se tornou uma paixão, quase um vicio, mesmo com movimentos de difícil execução que as vezes parecem impossíveis, a cada obstáculo superado, ficamos mais e mais motivados a aprender novos movimentos.

Se vc também é uma Pole Lover manda sua foto pra gente!!!
"A australiana Deborah Roach, 32 anos, nasceu sem um dos braços e sofreu bullying na escola por causa de sua limitação física. Para superar a depressão, a jovem fez ioga e pole dance duas práticas muito incomuns para quem sofre desse tipo de deficiência."

Agnes Eliziario 21 anos e estudante de arquitetura

"Sempre tentei fazer algum exercício físico, mas nunca me senti bem em nenhum, tanto por vergonha de mim , quanto em me sociabilizar com as pessoas. Sempre achei o pole muito interessante, tinha muita vontade de fazer mas como moro no interior de são paulo não tinha escola por perto, apos alguns momentos difíceis, resolvi que deveria fazer algo para melhorar, e assim fui atras de uma escola de pole, e descobri uma na minha cidade, já na primeira aula me apaixonei, mesmo com dores(musculares) absurdas apos as primeiras aulas kkk, e fui me sentindo cada vez melhor, me aceitando cada vez mais, me achando mais bonita, não tendo vergonha do meu corpo e vendo que posso superar cada dia meus limites e que nada é impossível por mais difícil e doloroso que seja, estou a 6 meses praticando e não me vejo mais sem, é um vicio, e cada aula é uma conquista, o pole dance é minha terapia e até hj nunca fiz nada que me fizesse tão bem quanto ele"

Juliana Santiago, 25 anos, jornalista

"O pole dance, assim como a dança, apareceu em minha vida quando eu já não aguentava mais ter que ir à academia e fazer aqueles treinos chatos e repetitivos.
O pole dance, além de sensual, é um esporte. E que esporte! Tudo o que precisamos ter é uma barra e força de vontade para alcançar cada movimento, cada objetivo. Aprendemos a lidar com o próprio corpo, com a própria capacidade e nos surpreendemos com o que somos capazes de fazer.
Minha experiência com o pole dance é a melhor que imaginei e recomendo a todas as mulheres que descubram essa arte e a explorem."

Mundo Obscuro Zine

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visitou a página deixe seu comentário e aproveite pra seguir as novidades.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...